18 abril, 2014

Sexta...

A receita original utiliza bacalhau fresco, troquei por abrotéa, um peixe nacional bem parecido com o bacalhau, principalmente quando seco e salgado.
Além de ser extremamente fácil de fazer, este creme de cerveja também pode ser usado com camarão ou frango.

Filé de abrotéa na cerveja
Ingredientes:
700g de filé de abrotéa fresco
1 xícara (chá) de farinha de trigo
100 ml de cerveja Pilsen
1 ovo
Sal e pimenta do reino branca moída
Óleo para fritar
Preparo:
Bata a clara em neve.
Misture a gema, a farinha e cerveja, formando um creme. Em seguida, adicione a clara em neve, misturando devagar com um garfo.
Tempere os filés com o sal e a pimenta.
Empane em farinha de trigo e molhe com o creme de cerveja para fritar em óleo bem quente até dourar.

Feliz Páscoa, repleta de paz no coração.

16 abril, 2014

Quarta...

Cansei, cansei de ouvir mentiras e promessas do governo ilusionista do PT, das promessas vazias do nobre alcaide e das obras fictícias do governo estadual.
Cansei... Amanhã tem tirinha e talvez uma receita na sexta...

15 abril, 2014

Terça...

Que vivemos no país do jeitinho não é novidade para ninguém, mas que premiávamos os péssimos administradores é novidade para mim.
É isto que estamos vendo acontecer com a Petrobras e com as gestão elétrica no governo do PT, não contentes em sucatear os aeroportos, agora estão dilapidando a Petrobras e negligenciando a gestão elétrica com total falta de investimento, não tomando atitudes para reverter o quadro.
Não esquecendo que nossos problemas de infraestrutura aumentam dia a dia pelo mesmo motivo acrescido da falta de manutenção, ou seja, não se investe e não se cuida do que tem, só obras emergenciais de qualidade duvidosa.
E não pensem que estou me referindo, quando falo de obras, unicamente ao governo federal, serve para o estadual e o municipal.
Todos devem viver em outra dimensão, longe da realidade, pois afirmam e compravam com índices fabricados que está tudo bem, doce ilusão, pior que existem os que acreditam.
Contra esta mesmice existe uma regra básica na democracia (a nossa, não a bolivariana), a alternância de poder; portanto esperemos as "peças do jogo" serem apresentadas para vermos quem, realmente, representará alguma mudança e trabalhemos para elege-la, pois omitir-se é concordar com o que lhe for imposto, pense nisso.

14 abril, 2014

Segunda...

No último final de semana houveram várias finais de campeonatos estaduais, várias com erros graves de arbitragem, creio que sem intenção de lesar, apenas por falhar mesmo, afinal falhar é inerente ao ser humano, caso contrário os nobres árbitros não passam de "assopradores de apito" desonestos e merecem punição exemplar, embora isso não tenha grande significado por aqui.
Mudando de assunto drasticamente, hoje de manhã o nobre alcaide soltou esta pérola: "Colombo transformou Joinville num canteiro de obras...", virou piadista de muito mau gosto e/ou deve estar pensando que o eleitor é idiota, ou seja, absorveu o pensamento reinante pelo partido que está mandando (iria escrever dilapidando mas pensei melhor) o Brasil há 12 anos.
Outubro está chegando, está na hora da oposição mostra a sua cara, mostrar-se independente, não esta que está vindo no Nordeste, que nasceu e agora se alia a ex integrantes do atual governo. 
É bom ficar ligado, lembre-se da velha tática na qual repartir é melhor que perder, tudo indica que ela está sendo posta em prática. ou não?

11 abril, 2014

Sexta...

Mais uma da série "saindo do tradicional" :-).

Bacalhau com espinafre
Ingredientes:
300g de bacalhau (em posta) dessalgado, sem pele e sem espinhos
50 ml de azeite
1 cebola grande fatiada
1 maço de espinafre desfolhado
30 g de manteiga sem sal
50 ml de leite
50 g de farinha de trigo
Noz-moscada
Pimenta-do-reino branca moída
2 filés de anchova esmagados
1 pão italiano
Preparo:
Derreta a manteiga em fogo baixo, em uma frigideira. Adicione a cebola e refogue lentamente até caramelizar (bem dourada).
Adicione o espinafre, tampe a frigideira e cozinhe até murchar.
Polvilhe com a farinha de trigo, cozinhe por dois minutos, mexendo bem.
Adicione o leite e cozinhe por mais dois minutos, mexendo bem até formar um creme.
Tempere com a anchova, a pimenta e a noz-moscada. Corrija o sal e reserve.
Tire a casca do pão italiano e bata em um processador até virar uma farofa grosseira. Tempere com azeite, sal e pimenta.
Coloque a farofa cuidadosamente sobre o lombo de bacalhau, pressionando levemente para formar uma crosta.
Ponha, em uma tigela, o creme de espinafre e o lombo de bacalhau sobre ele. Leve ao forno a 120°c por 30 minutos, coberto com uma folha de alumínio.
Descubra, aumente a temperatura do forno para 180°c e deixe até o pão ficar dourado.
Retire do forno e sirva.

Bom final de semana.

09 abril, 2014

Quarta...

Vivemos em um País que é recordista em arrecadação de impostos e inversamente proporcional na aplicação social do mesmo, onde saúde, educação, transporte, etc., ficam em segundo plano, principalmente em ano de realização de Copa do Mundo.
Quando leio artigos de articulistas de outros países enaltecendo nossa política social, que é muito bonita no papel (que aceita tudo), porém está muito distante a realidade, costumo criticar e convidá-los a passa um tempo por aqui.
Perceberão que, na concepção, o SUS (Sistema único de saúde) é excelente, é universal por constituição, e não passa disso, a realidade beira a tragédia.
Que o nosso sistema previdenciário também é exemplo mundial; pergunte a algum aposentado se ele está feliz como o que recebe em relação ao que contribuiu.
Posso relacionar muitos outros exemplos, faltaria espaço no texto.
Escrevo isto por terem insinuado que não posso criticar os artigos que elogiam a utopia do país maravilhoso por não ter vivido fora do Brasil, ou seja, que não posso e/ou podemos, por morar aqui, mostrar a nossa realidade, era só o que me faltava...

08 abril, 2014

Terça...

Até quando? Se o STF não age reclamamos para quem?
Pelo menos de uma coisa temos certeza,  passou da hora de tirarmos os corruPTos do poder,  eleição está ai, votem pelo bem do Brasil ou se conformem em virar uma Venezuela.

07 abril, 2014

Segunda...

O tempo está passando e a mesmice administrativa continua, não conseguem acertar uma licitação, isso nos três níveis de governo, impressionante.
Outro assunto que já abordei é a manutenção, está cada dia pior, praças com pouca ou nenhuma iluminação são um convite aos traficantes e seus colegas, chegamos ao cúmulo de termos que avisar os problemas à Prefeitura e/ou ao Alcaide para que, talvez um dia, resolvam o problema, sendo que por que não falta é gente, se não me falha a memória, tem até gerente de praças (que não deve saber o que significa o cargo, se é que significa alguma coisa).
Mas é início de semana (que promete ser corrida) para deixar meu "Oi" e desejar a todos uma ótima semana.