28 julho, 2016

Eleição

Quinta...

"Eu fico com a pureza das respostas das crianças..." - Gonzaguinha.


27 julho, 2016

Pingos sem is...



Quarta...

Não sou economista, longe disto, mesmo assim arriscarei uma previsão ousada, porém lógica, utilizando simplesmente a análise do que vivemos atualmente no País.

Já discorri por estas parcas linhas que esta interinidade do atual Presidente está atrapalhando, atrasando, etc., as possíveis soluções para tirar o Brasil do marasmo que entrou nestes 13 anos em que foi delapidado, vilipendiado, “desmantelado” pelo governo petista.
Mas deixemos de historieta e vamos à previsão.

Existem no “limbo” monetário brasileiro muitos milhões de dólares esperando oportunidade de investimento, isto devido, em um primeiro momento, aos descalabros do governo petista e a atual turbulência politico/econômica, ou seja, aprovado o impeachment, empossado definitivamente o atual governo, grande parte deste montante monetário aportará no mercado brasileiro, alavancando a economia.
Outra consequência será a queda do valor da cotação do dólar, provavelmente baixando dos três reais até novembro.
Portanto, que para de enrolar de finalizem o processo para o bem do Brasil, ou melhor, do povo brasileiro.

Já pelas bandas locais um bom exemplo da genialidade das obras viárias do IPPUJ é a Avenida José Vieira (Beira-Rio) no sentido Sul Norte, está abandonada, servindo exclusivamente para ônibus, que por ali poucos passam, numa total inutilidade.

Assim caminha a mediocridade...

22 julho, 2016

Sexta...

Receita rápida de férias, meio gourmet.

Hambúrguer com cebola caramelizada
Ingredientes: 
4 pão de Hambúrguer
4 fatias de muçarela (preferia mussarela)
500 g de colchão mole moído
50 g de linguiça Blumenau 
1 colher de sopa de mostrada escura
1 colher de sopa de molho inglês
2 colheres de sopa de farinha de rosca
1 dente de alho amassado
Sal
Pimenta do reino moída
1 Cebola em fatias finas
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa (de mãe) de açúcar demerara
Preparo:
Desmanche a linguiça e misture com a carne.
Acrescente a farinha, a mostrada, o molho, o alho, sal e pimenta a gosto e misture bem.
Deixe descansar por 10 minutos.
Salgue levemente a cebola.
Aqueça uma frigideira e derreta a manteiga (clarifique), adicione a cebola e frita até ficar transparente.
Abaixe o fogo e distribua o açúcar misturando levemente.
Quando caramelizar desligue e reserve.
Molde 4 hambúrgueres, lembre-se, para que não se desmanchem na hora de fritar devem "apanhar" bastante quando estiverem sendo moldados, no mínimo 10 "palmadas" em cada "face".
Frite ou asse (usei a air fryer),  ao final acrescente a fatia de queijo sobre cada um para que derreta.
Monte os sanduíches com a cebola sobre o hambúrguer. (Costamo passar creme de maionese no pão.

Bom final de semana.
Sexta...

Receita rápida de férias, meio gourmet.

Hambúrguer com cebola caramelizada
Ingredientes: 
4 pão de Hambúrguer 

4 fatias de muçarela (preferia mussarela)
500 g de colchão mole moído
50 g de linguiça Blumenau 
1 colher de sopa de mostrada escura
1 colher de sopa de molho inglês
2 colheres de sopa de farinha de rosca
1 dente de alho amassado
Sal
Pimenta do reino moída
1 Cebola em fatias finas
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa (de mãe) de açúcar demerara
Preparo:
Desmanche a linguiça e misture com a carne.
Acrescente a farinha, a mostrada, o molho, o alho, sal e pimenta a gosto e misture bem.
Deixe descansar por 10 minutos.
Salgue levemente a cebola.
Aqueça uma frigideira e derreta a manteiga (clarifique), adicione a cebola e frita até ficar transparente.
Abaixe o fogo e distribua o açúcar misturando levemente.
Quando caramelizar desligue e reserve.
Molde 4 hambúrgueres, lembre-se, para que não se desmanchem na hora de fritar devem "apanhar" bastante quando estiverem sendo moldados, no mínimo 10 "palmadas" em cada "face".
Frite ou asse (usei a air fryer),  ao final acrescente a fatia de queijo sobre cada um para que derreta.
Monte os sanduíches com a cebola sobre o hambúrguer. (Costamo passar creme de maionese no pão.

Bom final de semana.

21 julho, 2016

20 julho, 2016

Pingos sem is....



Quarta...

Hoje tem inicio o maior festival de dança do mundo, o Festival de dança de Joinville, quem chegar a cidade verá uma bela maquiagem, como todo ano é realizada no centro da cidade, as ruas são revitalizadas, plantas trocadas, etc.
Pena que isto só aconteça nesta época, porém a bagunça viária continua, afinal são obras “geniosas” em prol de um transporte coletivo, ineficiente, ineficaz e caríssimo.
Para quem não conhece Joinville, o instituto de planejamento urbano local abjeta elevados e despreza automóveis, para eles são figuras satânicas que arruínam o sistema viário.
Planejar vias de grande fluxo, sincronizar sinaleiros de acordo com os horários de pico, criar bolsões de estacionamento, retirar os coletivos das estreitas ruas centrais nem passa pela cabeça destes “doutores” em urbanismo.
O pior é verificar que estas ideias estão enraizadas nos meandros do instituto, o próximo prefeito terá que lutar muito contra isto que está virando dogma.
E que realmente seja um próximo prefeito, pois não podemos continuar neste marasmo administrativo (para não escrever coisa pior).

Assim caminha a mediocridade...

15 julho, 2016

Sexta...

Mais uma receita da série fácil, rápida e que impressiona.

Salmão com alcaparras e limão
Ingredientes:
400 g de salmão fresco com a pele
4 dentes de alho picados
5 colheres de sopa de manteiga sem sal, em cubos
50 g de alcaparras
Suco de ½ limão Taiti
Salsinha picada
Sal
Pimenta do reino moída
Azeite
Preparo:
Divida a posta de salmão ao meio longitudinalmente.
Tempere com sal e pimenta.
Aqueça uma frigideira e adicione uma colher de azeite distribuindo bem.
Acrescente o salmão com a pele para baixo e frite por 3 min., após isso abaixe o fogo (médio) vire e doure por 2 min. Cada uma das outras três faces.
Desligue, retorne o a posta a posição da pele para baixo, tampe e deixe descansar por 5 minutos.
Retire o peixe da frigideira e reserve.
Reaqueça a frigideira (sem limpar) e comece a dourar o alho, acrescente as alcaparras, misture bem e acrescente a manteiga, mexendo sempre.
Quando a manteiga estiver completamente derretida, retorne o salmão, novamente com a pele para baixo.
Com uma colher distribua o molho sobre as postas e polvilhe a salsinha.
Desligue e sirva.


Bom final de semana...

13 julho, 2016

Pingos sem is...

Quarta...

Em breve teremos eleições municipais para o executivo e para o legislativo, ao contrário de muitos, não sou favorável a votar em branco ou nulo, pois não passa de uma forma burra de protesto, que na verdade auxilia, na maioria das vezes, a situação.

Levo como premissa a máxima de que é votando que se aprende, assim sendo, seguirei alguns passos para escolher os candidatos:
- Não reeleger nem prefeito, nem vereador;
- Não votar em quem tenha participado das duas últimas administrações;
- Não voto, nem votarei no PT, o que facilita o item anterior;
- Não votar em quem prometer utopias, ou afirmar que é só um problema de “geston” (o que será que ele dirá agora?);
- Analisar quem realmente é oposição ao que ai se apresenta; não os famosos lobos em peles de cordeiro;
- Analisar as propostas (o que tem de candidato a vereador que nem sabe o que faz um vereador é assombroso);
- Por último, verificar com quem estão coligados, no caso do candidato a prefeito quem é o vice, no estilo o do “me digas com quem andas que te direi quem és”.

Creio que estes simples passos servem para qualquer eleição e são saudáveis a democracia, ou não?